Pé Diabético

É uma série de alterações anátomopatológicas e neurológicas que podem ocorrer nos pés de pacientes diabéticos. O acometimento dos nervos (neuropatia diabética) provoca perda de sensibilidade dos pés, pele seca e atrofia muscular. Já as alterações circulatórias provocadas pela doença, levam ao entupimento dos pequenos vasos, prejudicando o fluxo sanguíneo para o pé. Esses fatores associados a baixa resistência a infecções tornam o pé do diabético um local mais vulnerável ao aparecimento de feridas. Tais úlceras podem se infectar e se tornarem de difícil cicatrização, levando a casos graves com necessidade de amputações.

Tratamento

  • Controle rigoroso da doença
  • Tratar as obstruções arteriais para melhorar o fluxo sanguíneo e favorecer a cicatrização
  • Controle da infecção com antibióticos e limpezas da ferida
  • Uso de calçados especiais para evitar compressão do local

 

Prevenção

  • Controle da glicemia
  • Não fumar
  • Utilizar calçados fechados e confortáveis
  • Cuidado ao cortar as unhas
  • Fazer o autoexame dos pés, principalmente para aqueles com alteração de sensibilidade (olhar planta do pé, unhas e entre os dedos)
  • Avaliação periódica com Cirurgião Vascular

Dra. Ana Flávia Rosa – Cirurgiã Vascular e Angiologista em Uberlândia

Rua Santos Dumont, 230
34 3235-3754 / 34 9 9996-6782

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart